17 coisas que você não sabia sobre o Pilates (a 11° vai te surpreender)

pilates
09 set

Curiosidades: Pilates

1- Surgimento:

Na primeira guerra mundial o alemão Joseph Pilates trabalhava como enfermeiro e utilizando molas, camas e cintos criou protótipos para fortalecer e recuperar os enfermos

2- Saúde intacta

Joseph Pilates contou que o método fez com que ele nunca adoecesse ou se machucasse.

3- Cura

Joseph conheceu sua esposa em um navio, ela sofria de artrite e foi curada com o método Pilates.

4- Músculos Trabalhados Duplamente

No Mat Pilates (pilates sem equipamento) os músculos são trabalhados duplamente, uma vez que os exercícios consistem em alongamento e tonificação ao mesmo tempo. Isso promove mais força e flexibilidade para o corpo, combatendo assim as dores que surgem com a má postura, por exemplo.

5- Depende da Força do Corpo

Depende única e exclusivamente da força do próprio corpo para realizar os exercícios e essa força vem de dois centros de movimentos: a coluna lombar e o abdômen. Sendo assim, mesmo nos exercícios em que o foco seja outro grupamento muscular, tanto o abdômen quanto a lombar serão trabalhados. Essa força é chamada de “Power House” – um conjunto de músculos profundos que quando ativados promovem sustentação e estabilidade para o corpo como um todo.

6- Benefícios para a Coluna Vertebral

Os exercícios propostos no Pilates trabalham várias formas de articulação da coluna vertebral, isso promove o alinhamento da coluna, restabelecendo o equilíbrio do corpo todo.

 7- Equilíbrio

Com frequência as pessoas saem do seu eixo, o que acaba sobrecarregando mais um lado do corpo, ou seja, nossa forma de andar, sentar, dormir, abaixar etc pode causar dores nas articulações, na coluna e na lombar. O principal objetivo do Pilates é fortalecer a estrutura que sustenta nosso corpo, ao fortalecer o centro do corpo e a musculatura abdominal profunda. Fazer exercícios que trabalham com o seu eixo, ou seja, seu centro de equilíbrio, promove inúmeros benefícios no dia-a-dia de quem pratica.

8- Vencer a Gravidade

Quase sempre o desafio é vencer a gravidade, ou seja, conseguir sustentar seu peso corporal nos mais diversos movimentos que você fará contra a ação da gravidade.

9- Os 6 Princípios

O Mat Pilates tem 6 Princípios: Concentração, Centralização, Fluidez, Respiração, Precisão e Controle.

10- Controle da Respiração

Neste método é necessário aprender a controlar a respiração para sincroniza-la ao exercício. Do ponto de vista fisiológico, controlar a inspiração e expiração aumenta o nível de oxigênio que chega aos órgãos e músculos do corpo. Do ponto de vista emocional, a respiração adequada contribui para a diminuição do stress e ansiedade, é um aprendizado que vai além dos exercícios, promovendo melhorias no dia-a-dia de quem pratica.

11- Para as Mulheres

Promove a definição da silhueta, melhora o aspecto da celulite e alivia os sintomas da TPM, uma vez que através da respiração e concentração praticada no pilates nós estimulamos o sistema nervoso parassimpático, responsável pela sensação de relaxamento e bem-estar. Ao trabalhar a região pélvica alivia também as cólicas menstruais.

12- Foco nas necessidades

Se for uma aula mais personalizada, o instrutor pode focar em grupos musculares específicos de acordo com as necessidades do aluno

13- Oferece uma variedade de 1.000 exercícios

14- É uma atividade universal, uma vez que é indicada para todos. Sim, todos mesmo:

– De atletas à sedentários
– De crianças à partir de 7 anos de idade à terceira idade
– De pessoas saudáveis à Pessoas com problema na coluna, posturais e cardiorrespiratórios.

15- É uma das atividades mais recomendada para as grávidas

Seus movimentos promovem a diminuição do inchaço nos membros inferiores bem como o desenvolvimento do assoalho pélvico, o que ajuda na hora do parto.

16- Qualidade é melhor do que quantidade

Ao contrário da maioria das outras modalidades, neste método, iniciantes começam com séries curtas, mas poderosas e devem prestar atenção a cada detalhe do corpo durante o movimento.

17- União entre o corpo e a mente

O Pilates incorpora algumas técnicas da Yoga, que é um método indiano de exercitar o corpo e relaxar a mente. Como exige a prática da respiração consciente e completa durante a execução de todos os exercícios, essa respiração lenta reduz significativamente os níveis de cortisol (hormônio do estresse)

 

Resumindo

O Pilates proporciona o alívio das dores, melhora no nível de stress, melhora no sono, na condição respiratória bem como nos aspectos neurológicos como concentração e equilíbrio.

 

Dicas

 

Faça todos os exercícios com o abdômen contraído (empurre o umbigo para trás e contraia a costela)

– Faça cada exercício inspirando pelo nariz e expirando pela boca como se fosse assoprar uma vela

– Coordene a respiração com o movimento: inspire para fazer o exercício, expire para voltar a postura inicial

– Mantenha sempre o foco no exercício, evite distrações

– NÃO prenda a respiração

– Esteja sempre atento a postura, pois uma postura errada pode causar mais dores e desequilíbrio.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *